Loading...


O Projeto Balangandã foi contemplado no ProAC (Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo) e, a partir de agora, passará a ser patrocinado pelo Laboratório Cristália e pela Haes Confecções por meio da lei de incentivo. Com isso, todas suas atividades serão oferecidas gratuitamente. O ProAC é um programa mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, pelo qual as empresas podem patrocinar projetos culturais mediante dedução do ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadoria e Serviços).

O Balangandã já vinha oferecendo aulas gratuitas de Coro Cênico, sendo que para as atividades de Musicalização era cobrada uma mensalidade no valor de R$ 50,00 por aluno. Agora, tudo passa a ser gratuito, graças ao apoio das empresas. Criado em 2017, o Projeto Balangandã tem por objetivo estimular o desenvolvimento de potencialidades de cada indivíduo, proporcionando vivências através do resgate e continuidade das brincadeiras e músicas da infância, por meio de práticas musicais e corporais, utilizando-se de repertório da cultura e do folclore brasileiro.

Durante as aulas são empregados recursos como objetos da infância e do cotidiano, percussão, sons corporais e instrumentos variados, evolvendo os alunos em vivências lúdicas com jogos, brincadeiras, cantigas de roda, experiências práticas com os instrumentos musicais, expressão corporal e percepção e apreciação sonora. Desde o início deste ano, as atividades são abrigadas na sede localizada à Rua Regente Feijó, 226, no Centro de Itapira.

No local acontecem as aulas de Musicalização para crianças com idade entre 8 meses e 9 anos, além de Coro Cênico Infanto-Juvenil para crianças e adolescentes entre 8 e 18 anos. Além disso, o Balangandã também contempla Oficinas de Coro a pessoas com deficiência visual (baixa visão e cegueira) em atendimento na instituição CAHEK - Casa dos Amigos Helen Keller, também na região central da cidade.

Para o coordenador administrativo do Projeto Balangandã, Paulo Bazani, o apoio do Cristália e da Haes por meio do ProAC amplia a função social da iniciativa. “É um ganho muito grande para o projeto e para a comunidade itapirense, já que com as atividades subsidiadas pelo patrocínio do Cristália e da Haes poderemos atender gratuitamente as crianças e adolescentes dos cursos, além de continuar fornecendo as oficinas à CAHEK”, comenta.

A professora e coordenadora artística Letícia Fernandes também celebra a nova parceria. “É um apoio muito importante e que mais uma vez demonstra a sensibilidade e o comprometimento dessas empresas com a nossa cidade. Estamos muito felizes”, afirma. O Projeto Balangandã atende crianças com idades entre 8 meses e 9 anos distribuídas nos cursos de Bebês I e II, Pré-Iniciação Musical e Iniciação Musical I e II, além de crianças e adolescentes entre 9 e 18 anos nas aulas do Coro Cênico Infanto-Juvenil.

As aulas ocorrem às sextas-feiras e aos sábados. A direção das atividades é de responsabilidade da PROGESCULT – Gestão de Organização e Projetos. Mais informações sobre o projeto e matrículas pelo e-mail contato@balanganda.art.br, pelo telefone/WhatsApp (19) 9.8110-8181 ou na página oficial no Facebook (www.facebook.com/projetobalanganda).

*Imagens Paulo Bellini

Compartilhe