Loading...
Ver arquivo

Um dos grandes desafios da ind√ļstria Farmoqu√≠mica, respons√°vel pela produ√ß√£o dos Insumos Farmac√™uticos Ativos (IFAs) utilizados pelas farmac√™uticas, √© a elimina√ß√£o dos res√≠duos l√≠quidos resultantes dos processos de fabrica√ß√£o. O Crist√°lia, um dos principais complexos industriais farmac√™uticos brasileiros e l√≠der no mercado hospitalar na Am√©rica Latina, criou uma solu√ß√£o para a inativa√ß√£o dos res√≠duos l√≠quidos gerados por suas unidades Farmoqu√≠mica e Farmoqu√≠mica Oncol√≥gica, instaladas no complexo industrial de Itapira (SP). Com esta inova√ß√£o, o laborat√≥rio conquistou sua 128¬™ patente, que acaba de ser concedida nos Estados Unidos.

A solu√ß√£o, agora patenteada, est√° sendo utilizada desde 2019. ‚ÄúO processo qu√≠mico desenvolvido pelo Crist√°lia permite que os res√≠duos aquosos se degradem pela rea√ß√£o com agentes qu√≠micos, dentro de nosso complexo industrial, eliminando a alta toxicidade relacionada a a√ß√£o mutag√™nica, teratog√™nica e genot√≥xica‚ÄĚ, explica Vincenzo De Sio, MSc, PhD gerente da Unidade.


De acordo com o executivo, normalmente os res√≠duos aquosos produzidos pelas ind√ļstrias farmoqu√≠micas s√£o incinerados por empresas terceirizadas, um processo caro e logisticamente complexo, devido ao cuidado com o transporte do material. ‚ÄúAl√©m disso, toda incinera√ß√£o gera emiss√£o de CO2 na atmosfera, o que n√£o ocorre no processo que desenvolvemos‚ÄĚ, conta.

Vincenzo destaca que a conquista da patente nos Estados Unidos demostra a qualidade da inova√ß√£o tecnol√≥gica em um pa√≠s que √© o s√≠mbolo da inova√ß√£o. ‚ÄúN√£o √© simples conseguir patentes deste n√≠vel nos EUA, onde h√° cria√ß√£o de muitas tecnologias inovadoras e grande quantidade de empresas que produzem res√≠duos t√≥xicos, que investem muito para buscar solu√ß√Ķes como a que criamos‚ÄĚ, comenta.

√Č importante ressaltar que este tipo de solu√ß√£o √© de dif√≠cil aplica√ß√£o industrial porque, al√©m do estudo de pesquisa qu√≠mica para encontrar o inativante e as condi√ß√Ķes reacionais apropriadas, √© preciso ter uma estrutura adequada para realizar o tratamento em volumes industriais de uma forma r√°pida e econ√īmica.

A esta√ß√£o de inativa√ß√£o implantada no Complexo de Itapira √© √ļnica pela capacidade de ser eficiente e multiprop√≥sito, podendo ser usada para inativar de forma comprovada qualquer tipo de res√≠duo ativo e com qualquer volume em tempos curtos. 


Compartilhe
Tags
patente oncologia ifa api

Cookies

Nosso website utiliza cookies para tornar melhor a sua experi√™ncia de navega√ß√£o. Ao continuar sua navega√ß√£o, √© considerado sua concord√Ęncia √† nossa pol√≠tica de utiliza√ß√£o dos mesmos. Para mais informa√ß√Ķes, consulte a nossa Pol√≠tica de Cookies.

SAC
0800 701 1918